• Branco Facebook Ícone
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Spotify
  • Branca Ícone Instagram
Design and ilustrations by G. Pawlick

A cantora e compositora Din Rose, retorna aos palcos com o novo show BURAQ que fecha um ciclo em sua carreira. Com uma roupagem nova e uma estética mais minimalista, Din, assim como a criatura mitológica, o Buraq, pretende conduzir seu público a uma viagem de imersão no ser, uma prática de reflexão a respeito do processo de constituir-se. Através das composições de seus dois álbuns, cujo acento no presente situa-se em torno da world music, Dïn Rose compartilha os aprendizados que cultivou a partir do contato com o pensamento e práticas de diferentes culturas, e que a mobilizou durante o período em que escreveu seu último livro Ensina-me a Morrer.

Senadora da paz pelo World Peace Forum e Mestre em transformação com o selo Ex Cathedra - Global Accreditation Board of Coaching, Dïn Rose constrói com esse show o Caminho do Rio e convida seu público para acompanhá-la em uma jornada intensa na qual as caminhantes ora questionam-se ora maravilham-se consigo mesmas. Com o nome BURAQ, Din traz uma associação a uma passagem bastante fantástica da literatura islâmica: a subida de Maomé através de sete céus. Essa ascensão mítica fez dele o ser humano considerado como o mais perfeito. Assim como os metais se refinam pelo processo alquímico que faz do chumbo, ouro, Maomé, um a um, subiu os degraus e aperfeiçoou-se. Não por acaso o conhecimento de onde emergiu a alquimia foi intensamente desenvolvido pelo trabalho de estudiosos árabes que carregavam o legado da filosofia naturalista aristotélica. Esses conhecimentos eram experimentados em novas e antigas formas e linguagens, dentre elas os quadrados mágicos que chegaram ao mundo islâmico pela Índia e pela China. Degraus da escada alquímica, véus que dividem os céus do islã, códigos possíveis inscritos nas casas de um quadrado mágico... A artista que se define cosmopolita no presente bebe, neste show, de influências culturais, filosóficas, de grandes ebulições civilizacionais do passado.

A experiência desse show é oferecida ao público de uma forma estranha e provocadora. Dïn Rose apresenta esta tentadora garrafa que diz “o preço está no fundo do copo”. Apenas depois de vivida poder-se-á compreender no quê consistiu a oferta aceita. Com conceitos e alegorias budistas, xamânicos, islâmicos, cabalísticos e outros, BURAQ propõe-se a criar um egrégora para apurar seu olhar sobre sua realidade e ativar seu potencial criativo. Marcado para dia 07 de setembro, às 19h, BURAQ acontecerá em Jurerê, Florianópolis.